Arquimedes Choperia

Hot
 
0.0 (0)
0 1 0 0 0
Arquimedes Choperia

Do Bar Campeão a Choperia do Archimedes

      Casa antiga, repleta de portas e janelas, mesas de madeiras com tampos de granito, cadeiras singelas e uma imensa geladeira de quatro portas compunham o cenário do bar que nasceu em 1952 e deu origem a tradicional Choperia do Archimedes. A bola que ainda rola e gera paixões variadas era tocada com maestria, naqueles tempos, pelo Esporte Clube Fabrício que sagrou-se, inesperadamente, campeão do disputado Campeonato Amador de Uberaba daquele ano.

   A conquista, que teve entre seus destaques o Zé do Quelé, que juntamente com o senhor Archimedes Geraldo de Almeida, decidiu abrir o Bar Campeão em homenagem a grande façanha do Fabrício. Atrás do balcão, Archimedes misturava com maestria o excelente bom humor, o sorriso largo, com a firmeza de quem recebia os fregueses na própria casa, afinal, como se diz, ali trabalhava sua família.

     Naquele tempo, é bom que se diga, a esquina da rua Padre Zeferino com a Tiradentes era um subúrbio charmoso, entre muitas árvores, grandes quintais e ruas de terra batida. A Igreja de Santa Terezinha, já erguida, era a referência do alto do Fabríco. A casa, construída há mais de cem anos, pertenceu inicialmente a Antonio Pedro Naves que a vendeu a Paulo Finhold, que por sua vez, repassou o imóvel ao senhor Archimedes Geraldo de Almeida, cuja família detém até hoje a propriedade do imóvel.

    Alegre e sistemático o Archimedes mantinha a freguesia servindo cervejas tradicionais, bem geladas, cachaças de alambique, com destaque para a Sacramentana e, claro, os quitutes que saiam da cozinha, especialmente o bolinho de bacalhau. Sem dedilhado de violão, sem moda de viola, sem radiola ou eletrola, o bar mantinha-se num sóbrio falatório e com a disciplina desejada; fechava as portas pontualmente à meia noite.

    Mesmo sem colocar placa na porta, à medida que o campeonato do Fabrício foi se distanciando pelo tempo, o nome Bar Campeão foi gradualmente substituído por Bar do Archimedes no fim dos anos cinqüenta. Nesta mesma toada, o senhor Archimedes, que passou a ser o único dono do bar, manteve o negócio até o princípio dos anos 80, quando já era conhecido como referência de chopp bem tirado em Uberaba e região.

    Entre as passagens interessantes nos anos 50, apesar da ausência de música ambiente na Choperia do Archimedes, está o fechamento do bar por um dia devido a um luto curioso. A morte do cantor Francisco Alves, no dia 27 de setembro de 1952 num desastre de automóvel. A mesma homenagem não foi prestada a Getúlio Vargas, então presidente da República, que se matou em 24 de agosto de 1954. De fora do balcão contam-se também histórias interessantes do garçom Eurípedes Rodrigues de Abreu. Ele, sem qualquer cerimônia, recomendava aos clientes, mesmo aos mais ilustres, a suspensão dos drinks para evitar exageros na embriagues.

    Desde então a Choperia do Archimedes passou por inúmeras mãos até encontrar os atuais proprietários que conseguiram restabelecer a tradição da casa, ampliar seu espaço físico e diversificar a clientela. Saulo Kikuchi e Donato Cicci Neto modernizaram a gestão do negócio, ao mesmo tempo, em que restauraram a casa centenária, mantendo suas características originais, cuja arquitetura colonial, gera grande interesse por parte dos clientes locais e de outras cidades. Não é exagero dizer que a Choperia Archimedes é hoje uma forte atração turística na cidade de Uberaba.

Bar & Pub Information

Full Address

Rua Tiradentes 121
Uberaba, MG
Brazil
Telephone
Swap Start/End

User reviews

There are no user reviews for this listing.
Already have an account? or Create an account
No response for this article yet.
Submit Your Response
Upload files or images for this discussion by clicking on the upload button below.
Supported: gif,jpg,png,jpeg,zip,rar,pdf
· Insert · Remove
  Upload Files (Maximum 2MB)

Sharing your current location while posting a new question allow viewers to identify the location you are located.

Captcha
To protect the site from bots and unauthorized scripts, we require that you enter the captcha codes below before posting your question.